A pandemia mundial e a necessidade de adaptação ao regime do teletrabalho

Como temos sentido na pele diariamente desde a explosão dos casos de CoronaVírus e a implementação do lockdown por inúmeros países, hábitos dos mais simples do nosso dia-a-dia passaram a ser motivo de medo para muita gente. Um abraço inofensivo hoje em dia é quase criminoso, almoçar numa esplanada apinhada de gente não é permitido e por aí vai.



Já não há dúvidas de que sentiremos os impactos que esta pandemia causa durante muito tempo, não só porque, como supõem os economistas, caminhamos a passos largos para mais um cenário de crise, como também no ambiente de trabalho muita coisa será alterada.


Ora, tendo em conta que a principal recomendação da OMS no sentido de conter a pandemia é determinar que as pessoas fiquem em casa, muitos escritórios migraram para as salas, cozinhas, varandas e marquises de muitas casas. O que antes era um sonho de muitos millennials, o fato de poder trabalhar de casa calçando pantufas, de repente, tornou-se a obrigação. Mas mais do que isso, talvez a crise endêmica nos faça repensar a necessidade da presença, sem que isso justifique uma queda de produtividade ou um desleixo com o trabalho, como podia fazer parecer ao início.


Neste momento de grandes incerteza, em que se pede às pessoas que mantenham posturas razoáveis e de empatia para com o próximo, pede-se também que nos adaptamos à realidade da ausência de presença física e passamos a, por fim, apostar na efetividade dos canais digitais, na possibilidade do teletrabalho. No uso de plataformas partilhadas, no acesso.


Nessa realidade, a PRO BONO sempre foi pioneira apostando, desde o princípio, no uso das plataformas do google como a melhor ferramenta de trabalho (e juramos que isto não é um post patrocinado), de modo a possibilitar que alunos, advogados e o nosso núcleo administrativo tivessem um fácil acesso a tudo e de onde quer que fosse. Mesmo as nossas reuniões com os diferentes núcleos de alunos eram feitas regularmente de forma virtual, sempre que não nos fosse possível ou prático estarmos juntos fisicamente. Durante esse tempo, encontramos alguns entraves, é verdade. Havia sempre pessoas que pediam o envio de documentos em outros formatos, ou que se sentiam confuso no ambiente virtual completo, sem um desktop formatado da Microsoft. Todavia, neste período em que nos pedem adaptação e mudança, sentimos uma maior facilidade em, de um dia para o outro, todos os colaboradores e voluntários funcionarem em tudo virtual, sem que isso justificasse uma queda na nossa produtividade ou atrasos nas respostas.


Inegável é que vivemos tempos de adaptação. Especialmente dentro do cenário jurídico, no qual a presença em reuniões, tribunais, fóruns e audiências, sempre foi preponderante. Assim, é primordial que consigamos encontrar alguma estabilidade e que o trabalho flua, sem que isso justifique, ainda, um maior peso para os colaboradores que já passam por questões pessoais e familiares de incerteza. Este não é o melhor momento para que as equipas sofram ainda mais os impactos das mudanças.

Assim é que, apostamos que, mesmo em momentos como este, de grandes incerteza, podemos explorar ao máximo a nossa capacidade de adoção de novos mecanismos e procedimentos, bem como a capacidade de executar o nosso dever de inúmeros formas novas.


É a hora de salvaguardamos a saúde de todos, deixando de lado pequenices do universo laboral. Mas também é a hora de entendermos de uma vez por todas que o uso das tecnologias só podem colaborar e ajudar ao nosso desenvolvimento e talvez mesmo no nosso crescimento. Afinal de contas, a ajuda aos que precisam de nós é que não pode restar prejudicada!


Seguimos separados, mas juntos. Unidos pelo teletrabalho e pelo nosso ideal de justiça.

Seguimos separados, mas juntos. Unidos pelo teletrabalho e pelo nosso ideal de justiça.


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

“SÓ HAVERÁ JUSTIÇA QUANDO TODOS TIVEREM ACESSO À JUSTIÇA”

Teresa Morais Leitão 

  • Facebook App Icon
  • Twitter App Icon
  • YouTube App Icon